Ganhar o interesse das pessoas para o seu produto ao invés de comprá-lo: O Inbound Marketing

Inbound-Marketing

Após o advento da internet e a sua solidificação como arma de marketing para empresas, serviços e produtos, a forma de se comunicar com clientes e público-alvo se transformou rapidamente. Não basta somente ocupar os espaços, é preciso preenchê-los com material de qualidade. Na mesma rapidez com que aumenta o interesse das empresas em produzir conteúdos interessantes para atrair novos clientes através da internet, cresce por parte do internauta, a vontade de “personificar” seu mundo online. O usuário percebe a internet como um refúgio, uma possibilidade de receber somente aquilo que lhe interessa. Nas redes sociais, é muito comum vermos usuários reclamando de propagandas invasivas como pop-ups, aplicativos invasores que se instalam muitas vezes despercebidamente juntamente com algum download, e até mesmo aquela propaganda que precede um vídeo que o usuário quer assistir. E não se pode tirar a razão dessas pessoas, aliás, não há nova tecnologia que acabe com a máxima: “o cliente tem sempre a razão.” A não ser que você esteja muito interessado em adquirir certo produto, é muito chato quando você clica em um vídeo de música da sua banda favorita, e quando está se ajeitando na poltrona com as mãos na cabeça e o pés para cima, inicia uma propaganda de algo que você não tem interesse, e ainda por cima, num estilo bem diferente do que você estava esperando ver e ouvir. Isto é o “Outbound Marketing”, que, muitas vezes, causa justamente o oposto do resultado que se quer, criando uma certa aversão de um potencial cliente a uma certa marca ou produto.

Chamado de “Inbound Marketing”, a prática de ganhar visibilidade através da geração de um conteúdo interessante ao público, é o oposto do “Outbound Marketing”, que, em resumo, é a ‘compra’ de atenção do cliente através da contratação de espaços mediante pagamento.

O Inbound Marketing é muito bem traduzido pelo que podemos presenciar no Facebook: “curtidores” da marca. Os curtidores, além de darem seu atestado de aprovação sobre o que curtem, na maioria das vezes, compartilham com seus amigos aquilo que lhes agrada sobre certo produto. Este é um tipo de propaganda grátis que acompanha anunciantes que investem em bons conteúdos.

Algumas características positivas do Inbound Marketing

– Responsável por mais de 90% dos cliques na internet
– Baixo custo médio para atrair um cliente
– Surge através da criatividade e esforço
– Clientes vêm até você através de ferramentas de busca e mídias sociais

Veja algumas estatísticas abaixo sobre Inbound Marketing:

Inbound Marketing custa 62% mais barato do que Outbound Marketing;
Empresas que utilizam blogs conseguem 97% mais links apontando para seu website;
275% é o ROI (retorno sobre investimento) médio produzido através de estratégias de inbound marketing.
2/3 dos empresários dizem que o blog é “crítico” ou “importante” para seu negócio.
57% das empresas adquiriram um cliente através do Blog e 42% através do Twitter.
Companhias que utilizam blogs tem 97% mais links para seus sites.
70% das empresas dizem que blogam pelo menos uma vez por semana.
92% das empresas que blogam várias vezes por dia adquiriram um cliente a partir do seu blog.
46% das pesquisas diárias são para obter informações sobre produtos e/ou serviços.
72% dos executivos dizem que as mídias sociais ajudam no fechamento de negócios.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Inbound_marketing
http://viverdeblog.com/inbound-marketing/?goback=.gde_1201027_member_5797892315662032896#

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s